quarta-feira, 5 de setembro de 2007

Se um dia você precisar se isolar do mundo...

...dificilmente encontrará melhor lugar que o CIETEP, em Curitiba, onde se realiza do congresso da ABED deste ano. Em qualquer lan house do mais longínquo município brasileiro você consegue acesso fácil à Internet. Mas não no CIETEP. Aquilo que num shopping center de cidades de médio porte você consegue facilmente - acessar a Internet através de uma rede sem fio como aqui em Natal onde simplesmente 4 shopping centers oferecem este serviço gratuitamente na cidade -- no CIETEP é uma verdadeira loteria, que exige muita paciência e muita sorte.

A equipe que está no CIETEP em Curitiba fazendo a cobertura do congresso da ABED através deste blog encontra gigantescas dificuldades de acesso à Internet no local. Por isto os flashes informativos precisam aguardar algumas horas até que se consiga um outro lugar para se conectar à rede e publicar os posts aqui no blog.

Mais uma vez agradecemos a paciência e a compreensão de vocês que procuram aqui notícias sobre o congresso. A equipe continuará fazendo o possível para informar a todos. Mas foi uma surpresa bastante desagradável descobrir que estão num lugar isolado do mundo, sem acesso à Internet...

3 comentários:

Deleni (delenimesquita@yahoo.com.br) disse...

Caros Wilson, Régis e equipe:

Mesmo com todas as dificuldades vocês estão conseguindo e estão de parabéns!

Eu tinha uma vontade muito grande de participar do congresso e graças a vocês eu participo, mesmo estando em São Paulo.

Obrigado,
Deleni

wanderlucy disse...

Caros colegas de EAD:
Realmente é triste que ainda não tenhamos transmissão on-line dos eventos da ABED. As apresentações de qualidade ali realizadas deveriam poder ser acessadas por todos de qualquer parte.
Como moro em Balneário Camboriú, a 200 km de Curitiba, deste evento felizmente pude participar.
Em breve contribuirei com relatórios das apresentações as quais pude assitir.
abçs a todos
Wanderlucy

João disse...

Caros, o incrível é que o problema não ocorria apenas no local do Congresso: no meu hotel, por exemplo, era ainda mais difícil acessar a Internet. Eu na verdade desisti da Internet durante o Congresso de EaD (uma ironia) e só voltei a acessar quando retornei a São Paulo. O Wilson já cobra um evento a distância da ABED e a Wanderlucy sugeriu a transmissão dos eventos, mas que pelo menos providenciem uma sala com vários computadores (não apenas alguns com banquinhos, como era o caso do Congresso da ABED) e que funcionem, é o mínimo que se pode esperar de um evento de EaD.